Tempo de Leitura: 7 minutos

Frequentemente utilizados na administração pública para tomadas de decisões como a escolha de fornecedores ou recursos humanos, os editais são chamadas públicas com critérios previamente definidos para a seleção dos melhores candidatos à finalidade da proposta.

Por ser uma prática de transparência e democratização de acesso, é possível perceber que as seleções públicas também têm se tornado uma ferramenta cada vez mais comum no campo da responsabilidade social das empresas. As principais vantagens do seu uso estão em divulgar suas ações e contribuir para seu processo interno, como iremos explicar a seguir.

Um instrumento para comunicar suas causas e diretrizes

Primeiramente, a questão que queremos deixar claro é que o edital é um instrumento para materializar a estratégia de investimento social da empresa e facilitar o processo de seleção de projetos de acordo com as diretrizes e causas definidas.

Ao dizer isso, queremos evidenciar que um edital só será eficaz se refletir quais são as principais linhas de ação que sua empresa apoia no campo da responsabilidade social. Seu investimento social está, muitas vezes, atrelado aos seus valores, público-alvo ou território onde atua. Em muitos casos, as causas e ações de responsabilidade social estão diretamente relacionadas ao negócio de sua empresa.

Um edital serve como um ativo de comunicação de suas causas para o setor social, que está interessado na captação de recursos, mas também para outros stakeholders importantes como consumidores e colaboradores.

Cada vez mais, as pessoas buscam adquirir produtos e serviços de marcas que demonstram estar atrelados à uma causa social ou ambiental. Da mesma forma, os colaboradores valorizam trabalhar em empresas que genuinamente fomentam causas sociais – e, se possível, que permitam também oportunidades de engajamento via voluntariado corporativo.

Escolhas assertivas

Ainda que você já saiba quais são as principais causas que serão apoiadas, bate aquela dúvida: mas qual projeto escolher?

Um projeto legal que uma colega indicou numa conversa? Aquele projeto da banda ou artista que você gosta? Contratar uma consultoria para te indicar algumas opções? Existem muitos caminhos para encontrar projetos sociais para apoiar.

Além de comunicar às ONGs e aos empreendedores sociais quais as principais causas defendidas pela empresa, o lançamento de um edital ainda permite realizar o mapeamento de iniciativas, inéditas ou não, que mais refletem o que a empresa procura. É uma oportunidade que você oferece para que o próprio mercado, dentro de um período específico, apresente opções que estejam alinhadas às causas e diretrizes comunicadas.

Igualdade de oportunidades

Além de auxiliar no processo interno de escolha, optar por um processo de chamada pública para seleção de projetos ainda permite a democratização do acesso a todos os interessados em receber este apoio.

Por meio do edital, as organizações ou grupos de pessoas mobilizadas saberão quais são os critérios adotados pela sua empresa, prazos para envio das propostas, montante a ser investido, contrapartidas, dentre outros fatores, para então entender se aquela é de fato uma oportunidade de captação de recursos.

Facilidades no processo

Agora que você conheceu a importância de um edital enquanto ativo de comunicação da estratégia de investimento social da sua empresa com o terceiro setor e a sociedade, vamos te contar sobre como ele vai te auxiliar no dia a dia.

Segurança na escolha:
Criar um edital significa implementar um fluxo organizado e sistematizado de análise dos projetos recebidos, incorporando inclusive aspectos de compliance tão exigidos no mundo corporativo em dias atuais.

Quase sempre requer a definição de encarregados para sua análise, que pode incorporar tanto especialistas internos quanto externos da sua organização. Esses responsáveis ficarão encarregados por meio de critérios de seleção previamente definidos, de validar a escolha dos projetos e dar respaldo técnico e jurídico para eventuais questionamentos futuros.

Diminui a personificação do processo de escolha:
Além de potencialmente diminuir o risco do processo de decisão, os editais minimizam a personificação do apoio ao patrocínio. Sabemos que as equipes que cuidam de patrocínios e doações costumam ser muito enxutas nas empresas e o processo de chamada pública acaba criando uma sistemática que blinda essa pessoa de eventuais questionamentos de proponentes sobre o processo de decisão.

Otimização do tempo:
Os setores e pessoas que trabalham com investimento social e patrocínios nas empresas costumam ser “bombardeadas” com solicitações de apoio de diversas maneiras: e-mail (geralmente com muitos anexos), ligações, cartas com cópias dos projetos…

Diante dessa diversidade de canais e formatos, as informações acabam se perdendo ao longo do tempo ou dificilmente serão organizadas em um único formato, impossibilitando uma comparação mais assertiva entre os projetos.

O lançamento de um edital permite unificar o formato e os canais de envio das informações pelos proponentes, além de comunicar à eles qual é o momento de envio e análise. Diminui-se assim, o tempo de organização dos documentos, o desgaste com potenciais proponentes e os riscos de eventuais perdas futuras de documentos e informações.

Desta maneira, o gerenciamento de um edital torna-se um ótimo ativo de comunicação e de gestão para a sua estratégia de investimento social. Relatamos abaixo alguns exemplos de editais que o Prosas teve a satisfação de contribuir ao longo dos últimos anos:

Na prática

O Itaú, um dos maiores bancos e investidores sociais do Brasil, pauta seu investimento social em diversas causas, tais como mobilidade, esporte, cultura e diversidade.

Nos últimos anos, o banco e suas fundações têm ampliado a utilização de editais para seleção dos projetos, de modo a realizar esses processos com mais transparência e eficiência.

Desde 2017, o Itaú e o Itaú Social utilizam o Prosas como plataforma de gestão de vários de seus editais. Em 2019, foram 5 editais lançados para a seleção de projetos: Idoso (para projetos incentivados via Fundo do Idoso), Infância e Adolescência (para repasse de recursos para conselhos via incentivo fiscal do FIA), Esporte (projetos incentivados via Lei Federal do Esporte), Mobilidade e LGBT+ (em parceria com a consultoria Mais Diversidade).

“A principal vantagem da plataforma é a eliminação do uso do papel e dos custos que os municípios tinham com despesas de correio. Outra facilidade é a gestão dos documentos no processo de avaliação. A possibilidade de acompanhamento das inscrições pelos rascunhos também é uma ferramenta importante para adequação das nossas estratégias de divulgação do edital, pois conseguimos analisar quais regiões estão mais aderentes ou não nas inscrições.”

Milena Duarte – Coordenadora de Fomento do Itaú Social sobre os benefícios da parceria com o Prosas.

Esta trajetória de sucesso conta com projetos recebidos por todo o Brasil. Como analisa Guilherme Cipullo, responsável pela área de Relações Governamentais e Institucionais, que acompanhou o edital LGBT em 2018, o processo de seleção superou expectativas devido a qualidade dos projetos inscritos, apresentando diversidade regional e de perfis de proponentes.

Ademais, o uso da plataforma auxiliou no acesso ao um grande número de pessoas, obtendo mais de 300 inscrições. Para o gerenciamento do processo, o analista destacou a possibilidade de exportar as propostas e outras ferramentas para acompanhamento dos projetos, bem como a criação de relatórios que auxiliam no gerenciamento do edital.

Outro grande parceiro do Prosas é a indústria química líder em inovação, a BASF. Com uma boa trajetória de responsabilidade social, a empresa é parceira do Prosas desde 2016, onde já lança editais anualmente voltados para a América do Sul.

Partindo do propósito de criar química para um futuro sustentável, a empresa possui ações estratégias na área de responsabilidade social, proteção ambiental e o seu sucesso econômico.

Os processos de seleção da empresa, por meio do Conectar Para Transformar, buscam projetos que são apoiados nos seguintes eixos: empregabilidade, educação científica e ambiental e proteção de recursos naturais e da biodiversidade.

A estratégia de apoio a projetos conta ainda com o território de atuação industrial: Guaratinguetá e São Bernardo do Campo (Brasil), Malvinas Argentinas (Argentina) e Quinta Normal e Carrascal (Chile). A possibilidade de atuação nesses processos permitiu ainda a realização dos primeiros editais internacionais lançadas na plataforma.

Emiliano Graziano, gerente de sustentabilidade corporativa da BASF na América do Sul conta que a parceria com o Prosas auxilia na qualificação do edital, sobretudo na clareza e organização de fluxos. Além do trabalho de gerenciamento, destaca-se que a comunicação por meio da plataforma teve um papel essencial para a empresa:

E para você que deseja se aprofundar e conhecer mais sobre seleção de projetos sociais por meio de editais, elaboramos o “E-book: Guia completo sobre editais“. Faça o download gratuito!

guia completo de editais